Alerta para alto risco de proliferação do aedes aegypti



A vigilância epidemiológica realizou, entre 01 e 05 de março, o LIRAa,  estudo metodológico que permite a identificação de áreas com maior ocorrência de focos e criadouros do Aedes Aegypti, mosquito transmissor da dengue.

A taxa de infestação é de 3,8 e é considerada alta. Os bairros com maior índice foram: Centro, Beira Rio, Estiva, Dom Cabral, Frederico Ozanan, Santo Antônio, Juca Firmino, Bela Vista e Santo Agostinho.

Não deixe água acumulada em tambores, garrafas ou pneus; lave diariamente os bebedouros de animais domésticos, tampe bem as caixas d’água e não acumule lixo em seu quintal. Cuidado com a dengue, ela também mata.




TAG's: Alerta, para, alto, risco, proliferação, aedes, aegypti

Inicial | Voltar
Link permanente: